O processo de crescimento e transformação de arquitetura de uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil.

Imagine estar entre as cinco melhores empresas de TI e Telecom para se trabalhar no Brasil?

 

Agora imagine poder contribuir para que essa empresa suba no ranking e conquiste o selo que a credencia como exemplo e sonho de consumo para os profissionais trabalharem?

Uma das nossas maiores paixões enquanto arquitetos não é só ver o projeto ganhando vida em cada mudança feita, mas observar o quanto um ambiente estrategicamente planejado pode impactar positivamente no dia a dia dos colaboradores, na produtividade da empresa e na imagem que ela conquista no mercado. Foi exatamente isso que ocorreu com projeto desenvolvido para a Dextra, quando vemos ela permanecer por anos entre as melhores empresas para se trabalhar no ranking do GPTW e em 2019 conquistar o primeiro lugar na categoria TI e telecom. O GPTW (Great Place to Work) é um instituto fundado nos EUA na década de 80 que realiza consultorias, produz conteúdo e analisa a satisfação dos funcionários em relação ao ambiente de trabalho. Uma espécie de autoridade global no mundo corporativo em que o foco está em aproveitar o melhor das pessoas e atingir resultados excepcionais com sustentabilidade.

 

Em 2016, o Capoano Arquitetura foi convidada pela Dextra, empresa que desenvolve softwares

sob medida para otimizar os processos dos clientes, para criar o novo espaço adquirido por ela com 850 m2 onde seriam montados novos postos de trabalho. 

Era a primeira vez que a Dextra investia em um projeto de arquitetura, portanto ainda estavam tímidos e não enxergavam muito bem quanto esta decisão poderia agregar na performance da equipe e no bem estar dos colaboradores.

Foi assim que a reforma do prédio 20 começou, com receio do quanto o novo gerenciamento de espaço impactaria nos resultados da empresa. 

Seguindo esta lógica, muito do que foi proposto nem chegou ser aprovado. Foram feitas modificações nos banheiros, melhorias na ambientação, um novo layout para a empresa. O forro metálico foi substituído por um novo, mas o mobiliário não foi trocado e o antigo piso de um modelo que já nem existe mais permaneceu lá, intacto.

Mesmo reaproveitando muitos materiais, o escritório conseguiu avançar e muito implantando uma nova comunicação visual na empresa feita em parceria com três artistas de Campinas que mergulharam neste universo geek e criaram desenhos cheios de elementos que causam impacto nos visitantes e funcionários. Além dos desenhos nas paredes, as divisórias de vidro também foram adesivadas com grafismos e cores bem fortes. Logo na entrada da empresa, foi reproduzida na parede uma espécie de linha do tempo da transformação digital.

A referência para dar o Start na reforma foi o modelo adotado pelas empresas de tecnologia do Vale do Silício. Foram criadas salas de reunião mais centrais para ampliar as possibilidades de gestão visual, com aumento da superfície de lousa e consequentemente mais espaço para a escrita. Também foram construídas salas multiuso bem despojadas, com arquibancadas e grandes almofadões onde os funcionários podem jogar video game, assistir filme depois do horário, dormir na hora do almoço e fazer reuniões mais informais. Além de uma nova copinha, bem funcional, foram feitos acessos a partir dela para uma área externa onde foi criado um cantinho bem aconchegante ao ar livre com rede, espreguiçadeira e até orquidário. Em 40 dias, os funcionários festejavam a conclusão de um ciclo e um novo ambiente de trabalho.

Nove meses depois, veio a necessidade de expandir de novo e a oportunidade de vagar um prédio bem em frente. Começava uma nova frente de obras dentro da Dextra, desta vez com um aporte financeiro maior e mais abertura para inovar. O revestimento do piso foi trocado por um vinílico que imita cimento queimado que foi adotado em todo o site. As cores permaneceram fortes, porém ainda mais diversificadas e os artistas puderam imprimir sua identidade a partir de elementos geek e tecnológicos. Para quebrar a robustez das linhas retas, surgiu a ideia de arredondar as formas até mesmo das paredes e no teto. Os ambientes ganharam ainda mais flexibilidade, com um mobiliário compacto e adaptável a diferentes tipos de uso. A sala de cocriação ganhou lousa preta, sofás e Pufes confortáveis e na parede um escrito em neon com uma frase de impacto da empresa. Uma área de estar foi montada ao ar livre, à sombra das árvores,  bem no meio da construção quadrada, um espaço que ganhou poltronas e mesas e passou a ser usado também para a alimentação e descontração com mesas de jogos e churrasqueira para comemorar as conquistas da empresa e das entregas do times.

Mas a maior expansão viria um ano depois com a aquisição de um novo prédio, anexo ao segundo com 1.500 m2, onde passaria a operar toda a parte administrativa, marketing, comercial, RH, diretoria e mais uma parte do time de desenvolvimento de software. O desafio agora era imprimir um pouco da Mutant, empresa que acabara de assumir a marca, sem perder a linguagem adotada na segunda fase. A aquisição ficou evidente com o leão, símbolo da nova empresa, grafitado na parede bem em frente ao café. 

O mesmo conceito estrutural, padrão de cores e mobiliário foi mantido, porém as linhas orgânicas foram deixadas de lado e a natureza passou a ser um elemento determinante em todos os ambientes. Na arquibancada, espaço que se popularizou para trazer grandes eventos externos para a Dextra, uma demanda finalmente realizada nesta nova fase, foi usada uma vegetação suspensa enroscada nas estruturas metálicas montadas no teto. Nas salas de estar, paredes verdes na forma de jardins verticais. As plantas também ocuparam móveis, foram colocadas em vasos invertidos e até dentro de lâmpadas pendentes. Para harmonizar com a vegetação o escritório optou por usar na estrutura de arquibancadas e em outros detalhes dos espaços o compensado, que além de ser rústico e com um custo mais baixo, tem um apelo mais sustentável. Foram criados vários cantinhos de estar que também podem ser usados para reuniões, pequenas vendas, acomodar terceiros e até para massagens e momentos de leituras, relaxamento e descanso. A área externa também ficou bem mais generosa, com um deck de madeira de reaproveitamento, seixos de rio e ambientada com peças de design feitas de fibra,

Capoano-contato

Escritório de arquitetura especializado em criação de

projetos e obras corporativas.

(19) 2660-1887 | (19) 99169-3228